Carreira

Estou identificando o futuro

Durante a sua infância na Polônia na década de 80, Lukasz Karas brincava de consertar eletrodomésticos quebrados, aprendendo por conta própria como eles funcionavam e como consertá-los. “Naquela época, em meu país, era difícil simplesmente comprar novos equipamentos, então todo mundo consertava o que quebrava,” diz ele. “Era o contrário da sociedade de consumo dos dias de hoje.”

Lukasz, portanto, consertava liquidificadores e caldeiras, máquinas de lavar e toca-discos. “Eu não acho que tinha um talento particular para a coisa,” afirma ele. “Simplesmente tinha uma necessidade.”

Aquele interesse de infância na forma como as coisas eram feitas e como elas funcionavam acompanhou Lukasz até a vida adulta, quando se formou em metalurgia pela Universidade de Ciência e Tecnologia AGH em Cracóvia. Após seus estudos, ele conseguiu um emprego em uma fabricante de peças de PM na Áustria, antes de conseguir uma vaga na Höganäs e se mudar para a Suécia.

Hoje, Lukasz é um engenheiro de desenvolvimento de negócios na área de negócios Automotiva da Höganäs. Ele teve um papel fundamental no projeto Total Powder Metallurgy Car da Höganäs, conhecido também como o projeto Teardown. Esse projeto envolveu reunir-se com colegas do mundo todo para desmanchar completamente três carros modernos e explorar o potencial da PM em novas aplicações automotivas. “Estou identificando e encontrando o futuro da empresa,” ele diz.

Então Lukasz acha que desmanchar carros novinhos em folha hoje em dia, no papel de engenheiro altamente qualificado, é tão divertido quanto fazer a mesma coisa com eletrodomésticos quando era criança? “Eu tenho que admitir que o prazer que sinto é parecido, sim,” ele diz. “Especialmente quando fazemos isso em uma oficina de conserto, com todos os tipos de ferramentas e técnicos experientes. Essas coisas eu não tinha quando era criança!”