Metalurgia do pó

Metalurgia do pó

um processo com muitas vantagens

Isso é Metalurgia do Pó!

A metalurgia do pó é um processo de conformação metálica de materiais em pó ferroso, realizado pela prensagem e sinterização de compactos de pó metálico próximos à forma definitiva do componente final. Ela permite a obtenção de geometrias bastante complexas e aspectos intrincados. O processo já existe há mais de 100 anos. Hoje em dia, é amplamente reconhecido como uma maneira superior de produzir componentes estruturais sinterizados de alta qualidade, para uma grande variedade de aplicações em diferentes indústrias.

O processo de metalurgia do pó tem muitas vantagens em comparação a outras tecnologias de conformação de metal, tais como o forjamento, a fundição de metal ou a usinagem. A primeira vantagem é a economia. Com a metalurgia do pó, você reduz muito os processos de pós-produção, tais como os procedimentos para a remoção de metal. Isso reduz drasticamente as perdas de rendimento na fabricação e, consequentemente, reduz os custos totais. Além disso, o processo tem um consumo de energia menor em comparação a outras tecnologias de produção.

A segunda principal vantagem da metalurgia do pó é a possibilidade de fornecer um produto exclusivo, graças à sua alta flexibilidade. É possível adaptar ligas e características físicas para corresponder às propriedades ou requisitos específicos de desempenho. Por produzir peças com estruturas materiais homogêneas e repetitivas, o processo de metalurgia do pó permite fabricar componentes metálicos estruturais com alta previsibilidade e consistência do comportamento mecânico, para uma ampla variedade de aplicações.

A metalurgia do pó é usada para fabricar materiais únicos e com propriedades sob medida, impossíveis de obter com a fusão ou a conformação com outros métodos. Ela permite combinações de materiais impossíveis de misturar, bem como o processamento de materiais com pontos de fusão extremamente altos. Também há vantagens para a criação de formas complexas ou a integração de recursos ou funcionalidades adicionais de design em uma única peça.

São algumas das flexibilidades oferecidas pela metalurgia do pó:

  • porosidade controlada
  • níveis de resistência e desempenho sob medida
  • propriedades isotrópicas, mas permite também materiais com graus ou seções seletivamente densificadas
  • Redução de ruído ou amortecimento de vibrações
  • Propriedades magnéticas únicas
  • Excelente acabamento de superfície
  • Alta repetibilidade de alta precisão em grandes séries de produção
  • Excelente resistência ao desgaste

A metalurgia do pó abrange várias tecnologias de produção diferentes. O processo de prensagem e sinterização é o mais comum e consiste em três etapas básicas: atomização do pó com subsequente mistura de pós elementares ou em liga, compactação em matriz sob pressão controlada e sinterização em atmosferas controladas . Outras importantes tecnologias de produção são a moldagem por injeção de metal (MIM), prensagem isostática (quente ou fria), forjamento de pós e manufatura aditiva de metais.

Engrenando: Consórcio

Engrenando: Possibilitar

Engrenando: M32

Engrenando: Prova de conceito

Dados de fadiga de engrenagens; A plataforma de testes de engrenagens FZG do Höganäs PoP Center é usada para gerar dados de fadiga de engrenagens. Os dados desempenham um papel importante na criação de novos conceitos de equipamento de PM.